terça-feira, 4 de novembro de 2008

Obama

A eleição de Obama, que será confirmada em poucas horas - nesse momento nem 1% foi apurado, mas ele está na frente, concretizará um fenômeno histórico. Finalmente, a nação que influenciou o mundo mostrará pela primeira vez uma grande influência do mundo sobre ela, um sentimento de indignação contra o atraso do pensamento estadounidense em relação a diversas questões que já mobilizam muitos ao redor do globo.
A vitória de Obama não trará mudanças tão radicais, quanto alguns ingênuos pensam, no campo político e econômico ou no capitalismo em geral, mas a sua vitória é um marco ideológico, o que Obama simboliza é muito mais importante do que ele é, e a mobilização que acontece no mundo pela sua vitória já mostra isso.

Bom, uma pequena análise rápida e muito superficial que resolvi fazer antes de dormir, só pra dizer que falei antes dele se eleger.

Boa noite.

Um comentário:

Simone Schuck disse...

É verdade. Assim como se McClain fosse eleito também: seria o primeiro presidente estadounidense com uma vice do sexo feminino.
Queria comentar também o fato dos votos dos americanos serem bem desorganizados: alguns em cédulas, outros em urnas eletrônicas... bem estranho isso, não acha?
Beijos!